Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

2017

Mensagem da AEFMUP

A Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto foi gerada num atribulado período de implementação, crescimento e maturação no pós 25 de Abril, tendo sido legalmente fundada enquanto AEFMUP a 12 de Janeiro de 1982.
Desde a sua conceção, definiu como seus objetivos a representação de todos os estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, bem como a promoção da sua formação nas vertentes curricular, científica, pedagógica, cultural, social, física e pessoal, contribuindo para o melhoramento do ensino na Universidade e da ligação desta à comunidade.
Ao longo destes anos, a AEFMUP tem crescido, graças à dedicação e trabalho de várias gerações de dirigentes, bem como à colaboração e interesse dos seus alunos, e contando sempre com o imprescindível apoio da Faculdade que nos acolhe. Graças à colaboração de todos, tem sido possível cumprir, ano após ano, os objetivos a que se propôs aquando da sua criação.
A componente científica, passando pela divulgação de avanços científicos e por complementar a formação académica obrigatória dos estudantes, é e sempre foi uma das prioridades da AEFMUP.

Departamento de Investigação, Formação e Ciência

A Investigação, a Formação e a Ciência assumem um papel central nas áreas de atuação da AEFMUP. Contribuir para a aquisição e desenvolvimento das competências dos estudantes de Medicina, nomeadamente daquelas a que não é dado especial enfoque durante o curso, tem pautado a ação do Departamento de Investigação, Formação e Ciência.
Nesse sentido, este Departamento pretende dinamizar eventos pedagógicos e científicos ao longo do ano, incidindo quer nas ciências básicas, quer nas clínicas. É nosso objectivo último garantir uma formação de qualidade àqueles que procuram saber mais e melhor, contando com a participação ativa de todos os estudantes.
Para o mandato de 2017, este departamento da AEFMUP é constituído pelos estudantes Ana Leite, António Pinho, Manuela Estevinho e Margarida Vieira.